Mais uma vez, prova-se que não se pode julgar pelas aparências… BADLEMONS – o Início

Era uma vez… um grupo de amigos, que conhecia vários outros grupos por aí a fora, eu também já ouvia falar em alguns outros nomes por aí, ou tinha visto uma vez ou outra, sem conversar. Aliás, converse comigo ou eu vou achar que você é um baita de um chato. Sim, grossa, pode dizer.

Bom, eis que me surge o convite de ir acampar na praia na época de Reveillon (eu e minhas amigas), sim, camping = banheiros ‘’comunitários’’, com direito a fila para banho, para as necessidades, e para escovar os dentes (Bebeu demais, ficou mal? Fila para vomitar também).

Lá fomos nós, com nossa humilde barraquinha de 2 lugares, sendo nós 3 meninas. Chegamos ao litoral, já com chuva, uma ótima recepção, caminhando alguns bons metros com malas pesadas e travesseiros nas mãos. Ô inferno!

Achamos o camping. Quanto era mesmo a distância de lá até o mar? Sim, era longe. Isso mesmo… Mas ao menos era perto do supermercado (cerveeeeja!)

Quando cheguei lá, já vi de cara umas duas intrusas, não 3, 4, peraí, CINCO? Acho que sim… fechei a cara e pensei MAS QUE MERDA, DEVEM SER UMAS CHATAS.

Ninguém se deu oi, minha mãe me ensinou que sempre quem chega é que cumprimenta. Eu cheguei, e não cumprimentei claro. Eu sei ser grossa (Y).

Passamos quinta, sexta e sábado sem nos falarmos, e nos olhando com cara feia, fora os meus comentários de ‘’olha o tipo da guria, olha aí, por favor’’. De tanto que me ‘’anojei’’ daquele lugar, e daquela situação, me mandei pra casa, um dia antes do combinado, sumi daquele troço!

Dias depois, encontramos duas das CINCO do camping, era um evento tipo: churrasco + piscina + ceva = TODAS CONVERSAM.

Lá estavam elas, as mesmas duas gurias com as quais não troquei nem duas frases completas no maldito camping.

E aí foi fazer um comentário (uma FOFOCA, é claro), que percebemos o quanto tínhamos coisas em comum (gostar de fofoca, de piscina, de cerveja, de comida, etc…).

FOI ENTÃO?

Viramos ‘’o que’’ viramos, um bando de limões bastante cítricos e falantes, parceiras, dançarinas, bêbadas, amantes de uma boa Tequila com limão. Saudosa Tequila essa, que nos fez tão bem e nos trouxe tantas alegrias, não fosse o limão estragado, é claro…

Agora não bastasse o twitter, tem o g-talk badlemon, tem o blog, tem o msn, tem o celular, e a gente fala em todos ao mesmo tempo, e mistura todos os assuntos, e fala, e fala e fala, e ri, e ri e ri. Quantas vezes a gente leu uma de nós escrevendo ‘’ai me perdi aqui na conversa’’?

Temos muitos planos, vivemos confabulando, vivemos planejando o final de semana, as músicas, os vídeos, as companhias, as não companhias (hahaha), os apelidos (meu Deus, os apelidos – COBRA AZUL – STALLONE COBRA – SSAF aqui é só pra uma pessoa hahahaha aí tu imagina PAN PAN AMERICANO bate palminha!) e cara, por aí vai, são frases, dialetos, símbolos, gestos, olhares, sorrisos, e saídas estratégicas de dentro dos carros:

VALEU AI ENTAO ESPERO QUE TENHA CURTIDO ATÉ A PRÓOOOOOOOOOOXIMA.

Por Juliana Kauer

About Badlemons

Badlemons é um grupo de garotas muito legais. Sério, você precisa mesmo nos conhecer.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s